Sem categoria

Redução de faltas e afastamentos no trabalho com a ginástica laboral

Redução de faltas e afastamentos no trabalho com a ginástica laboral

A ginástica laboral reúne um conjunto de exercícios que devem ser aplicados durante as horas de serviço para minimizar os efeitos ruins que a jornada de trabalho pode provocar. Segundo vários estudos, um dos principais efeitos da ginástica laboral é a diminuição de faltas e de afastamentos por doenças. Saiba mais aqui.

O que é ginástica laboral?

A ginástica laboral, ou ginástica da pausa, como foi inicialmente chamada, surgiu em uma fábrica na Polônia, em meados da década de 20, na qual trabalhadores se exercitavam durante pausas em suas atividades laborais. Depois começou a ganhar espaço em outros países, como Holanda, Rússia e se desenvolveu muito, principalmente após a segunda guerra mundial, no Japão. A princípio a ideia era fazer uma ruptura na tensão que existia no ambiente de trabalho e, posteriormente, adicionaram-se os benefícios do exercício para a saúde, uma vez que a ideia de qualidade de vida também foi abraçada pelo ambiente corporativo. Daí surgiu a relação entre a ginástica laboral e melhora da condição de vida do trabalhador, aliviando o estresse e trazendo benefícios físicos à sua saúde. Muitos estudos surgiram, uma boa parte deles com metodologias contestáveis, mas o que é fato é que, se bem aplicada, a ginástica laboral é positiva para vários aspectos do ambiente de trabalho, independentemente do ramo da empresa que a adota. Dentre os benefícios mais comentados, destacam-se a redução de faltas (absenteísmos) e de afastamentos do posto de trabalho por motivo de saúde.

Exercício físico na empresa

Qualquer empresa, independentemente do ramo e do tamanho, pode adotar a ginástica laboral para seus empregados. Ela recebe esse nome porque consiste em uma técnica de exercícios físicos adaptados para o ambiente de trabalho e para quem está naquele ambiente de trabalho. Ela traz benefícios para ambas as partes envolvidas, um deles é a valorização do empregado pelo empregador o que fideliza o empregado e pode diminuir a rotatividade do quadro funcional.

Normalmente quem contrata uma empresa prestadora de ginástica laboral quer oferecer mais qualidade de vida a seus colaboradores. É importante acreditar que a pausa utilizada pela ginástica laboral resultará em benefícios para os funcionários, como por exemplo, a redução de afastamentos do trabalho por motivos de saúde. Logo, para a própria empresa isso também é um benefício que pode impactar custos e produtividade. Portanto a contratação de um bom programa de ginástica laboral é um investimento.

Ginástica laboral em bem-estar

Uma das principais metas da ginástica laboral é promover bem estar: físico e psicológico. Para isso, as sessões, por mais breves que possam ser (trabalhamos com sessões mínimas de cinco minutos) devem ser bem planejadas, voltadas para a atividade laboral daquele grupo de funcionários, dinâmicas e motivantes. Veja bem, dessa forma a ginástica laboral pode ser efetiva (fortalecer a musculatura) e divertida (aliviando o estresse e a tensão). Se as sessões conseguirem trazer bem estar imediato ao colaborador ele vai aderir e, assim, colher os benefícios da prática continuada de exercícios no ambiente de trabalho. É importante salientar que a grande parte dos efeitos atribuídos à ginástica laboral está relacionada aos benefícios fisiológicos proporcionados pelos exercícios físicos. Um dos principais benefícios para a empresa é a melhora do clima de trabalho e, para o funcionário, a conscientização de que hábitos saudáveis realmente trazem benefícios. Ele sentirá isso de verdade! E aumentarão suas chances de deixar o sedentarismo, grande causador de diversas doenças atuais. Isso pode impactar no absenteísmo, reduzindo-o.

De acordo com especialistas em ginástica laboral, os benefícios oferecidos pela prática são percebidos por patrões e funcionários. Segundo pesquisas realizadas no Rio de Janeiro, é possível aumentar 5% da produtividade, diminuir 25% os acidentes ocupacionais, e atenuar entre 15% e 20% do índice de faltas.

Afastamentos do trabalho

Com a redução do número de acidentes ocupacionais, os afastamentos também serão reduzidos. Com a ginástica laboral o funcionário terá mais facilidade em lidar com diferentes tarefas. A prática pode ameniza e prevenir dores e inflamações musculares, melhorar a postura do funcionário e aliviar o estresse, o que aumenta a concentração. Afastamentos geralmente são causados por doenças ocupacionais, então essa condição poderá ser reduzida.

Doenças ocupacionais

Conhecidas como lesão por esforço repetitivo (LER), possui relação também com as lesões por traumas cumulativos (LTC). São causadas por movimentos repetitivos durante a jornada de trabalho, que sobrecarregam diferentes regiões do corpo do funcionário. Podem gerar lesões nas articulações, nos músculos ou até mesmo no sistema circulatório. A ginástica laboral é uma estratégia para minimizar esses efeitos.

Empresas

Atualmente é cada vez maior o número de empresas que assumem a responsabilidade social de investirem em seus funcionários. A qualidade de vida dos empregados irá refletir claramente no desempenho da companhia em todos os aspectos. A ginástica laboral pode ser um grande auxiliar para a redução de faltas e afastamentos do posto de trabalho.

Benefícios para o patrão

Com a melhora na saúde do trabalhador o patrão terá menos gastos com faltas e afastamentos. Os funcionários terão uma melhor aptidão física e isso pode colaborar positivamente com a produção e o estilo de vida. A empresa terá de lidar com menos ações civis relativas à saúde dos empregados. Nesses casos, a Justiça do Trabalho vê com bons olhos empresas que oferecem programas de ginástica laboral para seus colaboradores. Adicionalmente, a imagem da empresa também será beneficiada.

O que você está esperando para implantar um programa de ginástica laboral efetivo na sua empresa? Chame a Presente de Saúde, montaremos um programa completamente individualizado para atender às necessidades da sua empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *